segunda-feira, 28 de março de 2011

Porque as pessoas se afastam? (parte 2)


E daí tudo fica mais difícil, alguns exemplos incluem um dos episódios do desenho animado “Southpark” intitulado “All about Mormons” aonde ele expõe parte da vida de Joseph Smith no momento da tradução do Livro de Mórmon aonde se vê Joseph colocando o rosto dentro de um chapéu para ver a luz de uma pedra mágica que ele carregava para descobrir tesouros e também ver os caracteres traduzidos dos Livro e Oliver Cowdery ao seu lado escrevendo. Daí as pessoas começariam a se perguntar: -Porque Joseph Smith está com o rosto dentro do chapéu? Isto é algo que eu nunca tinha ouvindo até então, falaremos disto mais adiante.

Talvez você tenha assistido a entrevista do profeta Gordon B.Hinckley no programa do Larry King quando este lhe pergunta qual era sua visão da poligamia e Gordon B.Hincley responde:

“Não é doutrina” aonde para muitos que são membros esta afirmação foi chocante ou ainda quando Larry perguntou ao Pres.Hinckley quais são suas impressões sobre Deus um dia foi um homem e o Pres. Hinckley respondeu: “Não sei muito sobre isso, não sei se ensinamos isto, não sei se o enfatizamos”. Para o mórmon comum, que nasceu e se criou na Igreja, afirmações como estas podem ser chocantes e confusas.

Ainda temos um artigo recente na revista Newsweek que publica coisas como dados históricos que muitos membros talvez não sabem de que a prensa do jornal Nauvoo Expositor foi destruída pelos membros da Igreja a mando do profeta Joseph Smith culminando na sua prisão  em Carthage e então seu martírio.

E ainda, muitas pessoas inclusive eu, não sabiam que Joseph Smith teve 30 esposas, nunca aprendi isto na Igreja durante minha vida até eu ter 30 anos, que ele teve muitas dívidas, centenas de inimigos, nós não aprendemos sobre as fraquezas de Joseph na Igreja e acabamos por ter de ler sobre isso numa revista e de repente algo se torna problemático. Uma outra citação neste atigo diz:

“Décadas de estudos sérios e honestos fracassaram em revelar verdadeiras evidências destas civilizações do Livro de Mórmon de que jamais existiram.” – Southerton

Mas a questão é não que estes sejam fatores determinantes para que alguém diga que a Igreja não seja verdadeira e se afaste ou se forem, são assuntos que não são ouvidos ou discutidos na Igreja, de modos que quando um mórmon tradicional ouve pela primeira vez pela televisão, revistas ou material fora da Igreja se torna algo chocante e desperta o interesse pela busca.

Um destes exemplos seria o caso Mark Hoffman, aonde um homem engenhoso e maquiavélico foi capaz de enganar Boyd K.Packer, Spencer W.Kimball eGordon B.Hinckley com documentos forjados e os convenceu estes irmãos que esperaríamos que tivessem poderes especiais, premonição, bons juízes de caráter, ter o espírito de dicernimento, o que não seria uma expectativa justa provavelmente. Daí nos perguntamos, porque não estavam mais em sintonia com o Espírito Santo se soubesse que Mark Hoffman era uma fraude e poderiam ter evitado 2 atentados com morte de acontecer? Bom este é um evento que traria alguém a questionar. Até o Pres. Dallin H.Oaks reconheceu que os irmãos foram enganados.

E é claro, uma outra forma clássica de entrar nesta busca é só ler a História da Igreja, o próprio ‘Journal of Discourses’ é repleto de citações que creio que a Igreja sinta-se envergonhada hoje em dia que sejam das citações racistas de Brigham Young, suas pregações de Adão-Deus e a expiação de sangue. Estes são ensinamentos que hoje em dia nós nos distanciamos deles, nós não damos mais atenção e dizemos que não acreditamos nisto mais:

"Eu jamais preguei e entreguei um sermão aos filhos dos homens ao qual eles não pudessem chamar Escritura”. Brigham Young, Journal of Discourses,volume 15, pág. 25.
 
"Você vê alguns grupos da família humana são negros, desajeitados, feios, desagradáveis e baixos em seus costumes, selvagens e aparentemente sem a benção da inteligência que é normalmente dada à humanidade. O primeiro homem que cometeu o odioso crime de matar um de seus irmãos foi amaldiçoado por mais tempo do que qualquer outro filho de Adão. Caim matou seu irmão. Caim poderia ter sido morto e isto teria findado aquela linhagem de seres humanos. Mas não era para ser assim, e o Senhor pôs uma marca nele, que é o nariz chato e a pele negra. Siga a história da humanidade até após o dilúvio e ali uma nova maldição é lançada sobre a mesma raça — eles seriam 'servos de servos'; e assim será até que a maldição seja retirada; e aqueles que querem libertar os escravos não poderão fazer nada a respeito, nem sequer alterar este decreto".Brigham Young, Journal of Discourses, volume 7, pág.290

"Devo eu lhes falar da lei de Deus a respeito da raça africana? Se o homem branco que pertence à 'semente' escolhida misturar seu sangue com a semente de Caim, a penalidade, na lei de Deus, é morte na hora. Assim será para todo sempre”.Brigham Young, Journal of Discourses, volume 10, pág.109

E também através de livros como os de Fawn Brodie, “No man knows my history” escrito pela sobrinha de David O.Mckay, tida como uma das mais importantes biografias já escritas sobre o profeta Joseph Smith que pode trazer uma visão que pode ser danosa àqueles que conhecem o profeta apenas pelo que ouvem nas escolas dominicais quando se cresce na Igreja.

Bem, quando alguns destes eventos ocorrem na vida de um membro da Igreja SUD parece que dispomos que uma ferramenta moderna da internet chamada de Google e começamos a escrever nossas dúvidas e é claro assim que o fazemos, existem vários sites na rede que estão prontos para falar sobre estas questões, infelizmente nenhum deles são sites oficiais da Igreja, porque a Igreja SUD não gosta de lidar com estas dúvidas em qualquer circunstância. Para várias delas não existem respostas oficiais da Igreja. Existem alguns sites apologéticos não oficiais da Igreja SUD que algumas vezes são úteis, mas para muitas pessoas as técnicas apologéticas não funcionam, elas apenas os deixam com mais dúvidas ou fazem-nas pensar que a Igreja é pouco confiável.

Alguns destes sites que são encontrados são de ex-mómons ou anti-mórmons, aonde muitas pessoas desiludidas ou frustradas com a Igreja postam suas pesquisas e estudos e dão po exemplo sugestões de como ter o nomes delas retirado dos registros da Igreja SUD.

Se eu pudesse explicar ou resumir o que acontece nesta busca, diria que nós mórmons a medida que vamos crescendo e aprendendo na Igreja a nossa visão do mundo seria preto e branco, que existe o Bem e o Mal no mundo e que tudo que vemos ou que passamos pelo mundo pode ser colocado em duas categorias, isto faz parte do mundo do Bem ou do mundo do Mal, Branco x Preto, um ponto de vista bem simples e é assim como vemos: profetas são bons, a Igreja perfeita, tudo está sobre controle, autoridades gerais inspiradas e tudo é bom ou mal, outras igrejas= mal, outras escrituras que não sejam as nossas=mal e esta é a forma que geralmente vemos o mundo. Não-mórmons=não tão bons como os mórmons, nossa Igreja verdadeira e todas as outras igrejas=falsas.

E quando um mórmon está buscando afundo a história da Igreja e a cultura vamos ver que existiram momentos que profetas tomaram decisões importantes erradas, existiram momentos que a Igreja tomou decisões erradas, até mesmo escrituras mórmons que têm suas falhas e derepente começam a ver o mundo pela primeira vez em tonalidades, sombras, degradês e cores e é uma mais complexa visão do mundo. E o que você vê entre estas duas imagens é um grande vão e este espaço é bem dramático, chocante e isto é como alguém que se afaste da Igreja SUD experiencia. Seu mundo ideal desmorona e eles veem o mundo de uma forma diferente pela primeira vez em suas vidas, não significa que seja uma coisa ruim, mas se eles não tiverem o devido amparo terão consequências piores, para eles, sua família e amigos.

(continua)

3 comments:

Cesar disse...

Pelo que eu percebi deste seu tópico, na sua opinião, algumas pessoas poderão eventualmente afastarem-se porque ao aprofundarem o seu conhecimento sobre a história e doutrina da Igreja descobrem "detalhes embaraçosos" que estariam "aparentemente" escondidos pela hierarquia da Igreja.

Desculpe que lhe diga, mas não concordo.

Não sou um fundamentalista ao ponto de dizer que ninguém se afasta por esse motivo. E aceito que uma pessoa ou outra se tenha afastado por descobrir doutrinas ou factos históricos que discorda. Porém a minha experiência me ensina, que apesar da maior parte das pessoas alegarem a descoberta das verdades escondidas como o motivo do afastamento da igreja, os motivos são na realidade outros.

Basicamente a alegação da descoberta de doutrinas escondidas é uma justificação que acalma a dissonância cognitiva dessas pessoas. E temos que admitir que dá um ar mais intelectual dizer que saiu da igreja porque descobriu algo estranho depois de muito estudo, do que dizer que saiu porque tinha dificuldade com algum mandamento... Não quero eu dizer que só se afastam os pecadores, isto foi só um exemplo. Aliás é extremamente complexo compreender as motivações do afastamento da Igreja porque o comportamento humano é complexo por si só.

Num ponto e concordo consigo, quem se afasta precisa de ser ajudado e esclarecido.

Flauber disse...

Cesar, no seu resumo no primeiro parágrafo sobre este tópico vc colocou bem as palavras entre aspas, só não consigo entender aonde exatamente voce não concorda. Em que ponto do texto vc discorda?

Fabiolla Fernadez disse...

Caros amigos com tantas divergências e pontos em discordâncias como tão bem ciadas acima, como podem afirmar que essa é a unica igreja verdadeira e viva, isso não é contraditório? com essa base, como a igreja mórmon pode ser verdadeira? com tantas falhas? desculpem, sou apenas pesquisadora da igreja e não critica, mas essas dúvidas me surgiram agora ao ler o q vc s escreveram, fico imaginando a primeoira visão não foi então com Deus e Jesus,isso muda tudo que os mormons ensinam hj, essa contradição deixa a igreja com carater duvidoso, me corrijam por favor se eu estiver errada, obrigada

Postar um comentário