terça-feira, 13 de setembro de 2011

As Regras de Fé - Origens

Àqueles que crescem na Igreja, passando pela organização para crianças SUD estão bem familiarizados com a memorização das Regras de Fé e também àqueles que recebem aqueles cartõezinhos com uma gravura de Jesus de um lado e as regras de outro que funcionam como uma declaração das crenças dos SUD.

Lembro-me das aulas de Seminário e Instituto de Religião da Igreja e me recordo rapidamente do que era ensinado na época sobre o motivo pelo qual estes 13 estatutos de fé vieram ao mundo.

Joseph Smith havia escrito uma carta para ser publicada no Jornal 'Times and Seasons' contando as crenças básicas dos membros de sua Igreja e então posteriormente estes treze artigos seriam canonizados pela Igreja ao fazerem parte do livro de escrituras Pérola de Grande Valor.

Esta semana, movido pelo questionamento de uma leitora do meu blog sobre a canonização das citadas Regras de Fé, resolvi fazer uma pesquisa de como os materiais disponíveis da Igreja à todo mundo descrevem esta concepção de crenças.

Encontrei no site Mormon.Org mantido pela Igreja SUD a seguinte descrição:

"As Regras de Fé - Os 13 pontos básicos das crenças que são atribuídas aos mórmons.
Uma das primeiras coisas que nós somos ensinados quando crianças são as Regras de Fé - 13 declarações que resumem nossas crenças fundamentais.
Dois anos antes de morrer, o Profeta Joseph Smith escreveu uma carta ao editor de um jornal, John Wentworth, que pedira informações sobre a Igreja.
Desde que as Regras de Fé foram escritas, elas nos inspiraram e dirigiram nos princípios básicos do evangelho. Elas melhoram a nossa compreensão de certas doutrinas e nos ajudam a comprometermo-nos a vivê-las. Elas nos convidam há um pensamento mais pronfundo. E elas são uma boa ferramenta para explicar nossas crenças para pessoas não familiarizadas com elas."

E no contexto histórico publicado pelo site da Igreja SUD:

"Pouco depois da Igreja ter sido organizada em 1830, em resposta a uma pergunta, Joseph Smith, o primeiro profeta dos tempos modernos e fundador da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, compilou os ensinamentos essenciais da Igreja nos seguintes treze pontos."

Pude observar que o mesmo ensinado há cerca de 20 anos atrás está presente hoje e sem dúvida alguma as regras de fé representam em sua maioria pontos de crença que são comuns à maioria das religiões cristãs, o que tornaria de fácil assimilação por parte daqueles que ouvem ou leem sobre a Igreja SUD pela primeira vez algo de rápida e tranquila aceitação. Vejamos as regras atuais:

   1. Cremos em Deus, o Pai Eterno, e em Seu Filho, Jesus Cristo, e no Espírito Santo.
   2. Cremos que os homens serão punidos por seus próprios pecados pecados e não pela transgressão de Adão.
   3. Cremos que, por meio da Expiação de Cristo, toda a humanidade pode ser salva por obediência às leis e ordenanças do Evangelho.
   4. Cremos que os primeiros princípios e ordenanças do Evangelho são: primeiro, Fé no Senhor Jesus Cristo; segundo, Arrependimento; terceiro, Batismo por imersão para remissão de pecados; quarto, Imposição de mãos para o dom do Espírito Santo.
   5. Cremos que um homem deve ser chamado por Deus, por profecia e pela imposição de mãos, por quem possua autoridade, para pregar o Evangelho e administrar suas ordenanças.
   6. Cremos na mesma organização que existia na Igreja Primitiva, isto é, apóstolos, profetas, pastores, mestres, evangelistas, etc.
   7. Cremos no dom de línguas, profecia, revelação, visões, cura, interpretação de línguas, etc.
   8. Cremos ser a Bíblia a palavra de Deus, desde que esteja traduzida corretamente; também cremos ser o Livro de Mórmon a palavra de Deus.
   9. Cremos em tudo o que Deus revelou, em tudo o que Ele revela agora e cremos que Ele ainda revelará muitas coisas grandiosas e importantes relativas ao Reino de Deus.
   10. Cremos na coligação literal de Israel e na restauração das Dez Tribos; que Sião (a Nova Jerusalém) será construída no continente americano; que Cristo reinará pessoalmente na Terra; e que a Terra será renovada e receberá sua glória paradisíaca.
   11. Pretendemos o privilégio de adorar a Deus Todo-Poderoso de acordo com os ditames de nossa própria consciência; e concedemos a todos os homens o mesmo privilégio, deixando-os adorar como, onde ou o que desejarem.
   12. Cremos na submissão a reis, presidentes, governantes e magistrados; na obediência, honra e manutenção da lei.
   13. Cremos em ser honestos, verdadeiros, castos, benevolentes, virtuosos e em fazer o bem a todos os homens; na realidade, podemos dizer que seguimos a admoestação de Paulo: Cremos em todas as coisas, confiamos em todas as coisas, suportamos muitas coisas e esperamos ter a capacidade de tudo suportar. Se houver qualquer coisa virtuosa, amável, de boa fama ou louvável, nós a procuraremos.

As frases em negrito são as de exclusividade das Igrejas que se formaram após a morte de Joseph Smith, tais como a de James Strang, de Sidney Rigdon, A Igreja Reorganizada e dos seguidores de Brigham Young além dos Fundamentalistas SUD. As demais regras de fé se acomodam na maioria das crenças cristãs.

A seguir a linha de tempo do desenvolvimento das Regras de Fé desde a sua concepção inicial até o seu formato oficial. Os dados são oriundos de documentos e artigos publicados por líderes da Igreja. É possível verificar que em algumas das publicações do passado o número de Regras de Fé se altera entre 5, 8, 16, 13, 14, 18 e 33:
 Ao clicar em cada ano é possível ler as respectivas Regras de Fé, traduzidas para o português, enquanto que nos links de cada fonte é possível ver os artigos originais.

6 comments:

Anônimo disse...

SR. FLAUBER, SERÁ QUE UMA RELIGIÃO VERDADEIRA , QUE SE DIZ DE " JESUS CRISTO "…DOS " SANTOS" DOS ÚLTIMOS DIAS…" PODE CONTER CONTRADIÇÕES ?
VAMOS VER QUAIS?

OS MÓRMONS AFIRMAM : " Quando Jesus morreu, houve trevas durante tres dias" ( Veja Haleman 14 : 20, 27 )

CONTRADIÇÃO : " Quando Jesus morreu, houve trevas apenas por 3 horas" ( Veja Mateus 27:45; Lucas 23 : 44 e Marcos 15 : 33)

MÓRMONS :-Ensinam que acreditam na Trindade da mesma forma que as outras denominações : Pai, Filho e Espírito Santo são um só Deus. Veja 2 Néfi 31:21 ; Alma 11 : 44

CONTRADIÇÃO : Depois ensinam que esta trindade são tres deuses - Veja Abraão 4 : 1 .O Pai é o mesmo que o Filho – Veja Mosíah 7:27; Éter 3 : 14. Deus tem corpo de carne e ossos . Veja D&C 130: 22

Agora compare com a Bíblia Sagrada e veja como contradiz também a Bíblia. : João 14 : 28 ; Marcos 13 : 32 ; ( Veja João 4 : 23 : Se Deus é espírito, como que ele pode ter um corpo de carne e ossos ?) .

MÓRMONS : Joseph Smith afirmou ter encontrado um suposto livro perdido egípcio , que segundo ele, foi escrito por Abraão e agora está incluído no livro dos Mórmons chamado "Pérola de Grande Valor". A publicação " Análise do livro de Mórmon", p. 2 , em inglês, menciona um homem com cabeça de cão sentado num trono e diz que Joseph Smith aplicou-o a Deus.

CONTRADIÇÃO: Os próprios mórmons se escandalizam disso, pois é evidente que Deus jamais escolheria se revelar para os homens usando uma figura de animal com metade cão e metade homem. Isto é um absurdo. No entanto, Joseph Smith dizia que este homem com cabeça de cachorro era Deus quando estava aqui na terra Veja " Análise do livro de Mórmon", p. 2 , em inglês. Muitos mórmons tentam refutar isso dizendo que se trata de opositores, no entanto, existem muitos mórmons que poderão confirmar o contrário.

O próprio egiptólogo mórmon, professor Dee Jay Nelson, verificou esse suposto " livro de Abraão" e comparou com a tradução dele feita por Joseph Smith e ficou estarrecido pois havia cerca de 1125 palavras para cada 46 caracteres egípcios. Diante desta " fraude" cometida por Joseph Smith , este professor deixou o mormonismo. Escreveu uma carta se desligando e nela dizia : " O mundo científico acha que o livro de Abraão é um insulto à inteligência" . Então, caro leitor, como que pode uma religião que afirma ser verdadeira , apresentar uma coisa dessas que são fatos comprovados ?

MÓRMONS : "Os inimigos de Joseph Smith Jr. serão destruídos quando procurarem matá-lo". ( 2 Néfi 3 : 14 )

CONTRADIÇÃO : Joseph Smith foi morto em Carthage, Illinois, na prisão , em 27/06/1844. E o que ainda é pior : Joseph Smith foi morto trocando tiros, ao contrário daquilo que Jesus disse : "Continuai a amar os vossos inimigos…" ( Mt. 5 : 43, 44 )

MÓRMONS : " A poligamia era uma prática abominável a Deus" . Veja Jacó 2 : 23 – 27

CONTRADIÇÃO : " Deus ordena a poligamia e deu concubinas aos seus servos" . Veja D&C 132:1-4, 37-39

MÓRMONS : " Deus é o mesmo ontem, hoje e eternamente" . Veja Mórmon 9 : 9,19

CONTRADIÇÃO : " Os mórmons acreditam que Deus um dia já foi homem e que os homens se tornarão deuses ".

MÓRMONS : " há inumeráveis deuses" ( veja PGV , Abraão 4: 9, 10 )

CONTRADIÇÃO : " Há um só Deus" (Veja Alma 11 : 26-31 )

Estão divididos : Qual supostamente seria , entre as religiões Mórmons , a mais verdadeira ? : .Grupo Mórmom maior de Utáh ..ou..Igreja Reorganizada de Missouri ?

Se Joseph Smith fosse um suposto homem usado pelo verdadeiro Deus , então por quê esta divisão entre os próprios mórmons?

E ainda mais, se Jesus é o mesmo, e ensinou a união , por quê esta desunião ?

UM ABRAÇO.

Antônio Trevisan Teixeira disse...

"Na edição de 1902 por Joseph Smith em Pérola de Grande Valor"

Flauber,

pela data, acredito que se trate de Joseph F. Smith, correto?

Antônio Trevisan Teixeira disse...

Os 13 princípios traçam uma boa visão geral das crenças mórmon bem nos primórdios da Igreja, mas dificilmente englobam as principais mudanças no pensamento de Joseph mais para o fim de sua vida.

Por que a Igreja incoporaria tal declaração ao cânon de escrituras em 1890?

As Regras de Fé foram canonizadas na mesma conferência geral que aprovou o Manifesto. Isso sugere que o discurso sobre "submissão a reis, presidentes, governantes e magistrados; (...) obediência, honra e manutenção da lei" precisava ser enfatizado na nova era que a Igreja adentrava.

Antônio Trevisan Teixeira disse...

Ops! Cometi um erro acima, ao dizer que a Regras de Fé foram canonizadas em 1890. Agradeço ao meu amigo Pedro Soares por me apontar esse erro.

Errei porque as Regras de Fé já haviam sido canozizadas antes, em 1880. O que de fato aconteceu de novo em 1890 foi uma nova votação das Regras de Fé, antecendendo a votação do Manifesto de Wilford Woodruff.

No relatório do terceiro dia de conferência, vemos que após a leitura das Regras de Fé, Franklin D. Richards disse o seguinte ao público:

"Apóstolo Franklin D. Richards disse: amados irmãos e irmãs, proponho que nós, como membros de a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias reunidos em Conferência Geral, aceitemos e adotemos essas Regras de Fé, as quais o Bispo Whitney leu agora, como a regra da nossa fé e de nossa conduta durante nossas vidas mortais.

Pode-se pensar que seja supérfulo propôr isso; mas se deve ter em mente que temos uma geração crescendo desde a última vez que isso foi apresentado a nós, que estaão chegando à idade de julgamento e entendimento; e queremos ter todos, velho e jovem, rico e pobre, cativo e livre, tenham fé no Senhor Jesus Cristo e nessas regras, que tnham a chance de expressar isso por seu voto, se assim desejarem".

Logo em seguida, foi apresentado o Manifesto para ser votado pela conferência.

Letícia Moreira disse...

Porque perdem o tempo de voces com isso ?

Anônimo disse...

achei fabuloso
ira me ajudar no meu discuso amanhã sobre regras de fé !!

Postar um comentário